segunda-feira, 2 de outubro de 2017

EC São Carlos Tri Campeão Mineiro de Equipes 2015, 2016 e 2017


Uma equipe forte tecnicamente, estratégica nos jogos e ligada na amizade acima de tudo, é o EC São Carlos/Futrica Futmesa com os atletas, Luiz Colla, Hélio Pereira, João Paulo, Fábio, Thiago e o capitão Júlio Jr.


Neste domingo 02/10/2017, esta equipe se tornou TRI CAMPEÃ MINEIRA de Futebol de Mesa modalidade Dadinho, com uma campanha irretocável com 8 vitórias e 1 derrota.

Jogos
Com patrocínio da Lage Botões, o campeonato Mineiro de Equipes desta vez teve uma sede nova o belo salão do Clube Cascatinha em Juiz de Fora que reuniu 10 times em busca do cobiçado título.

Jogo decisivo na última rodada: EC São Carlos 3 x 1 Olympic A

As equipes do EC São Carlos de Juiz de Fora e Olympic A de Barbacena disputaram ponto a ponto até o último jogo quando foi exatamente o encontro decisivo que terminou com vitória por 3 x 1 para o time juiz-forano.

O Eldorado/Vila Branca chegou em 3º pois conseguiu ultrapassar a turma do Tupinambás também nesta emocionante última rodada.

Após nove rodadas muito disputadas teve a classificação abaixo:

 
Campeão – EC São Carlos

 Thiago, Fábio, Júlio, Hélio, J. Paulo e Luiz Colla

Vice Campeão – Olympic Club A

Fabinho, Paulinho, Rodrigo, Cristiano e Duílio


3º Colocado – Eldorado/Vila Branca


Renato, Feliciano, Edimilson, Felipe e Fernando
 
4º Colocado – Tupinambás

Marcão, Sindicato, Kojala e Filipe


5º Colocado – Tupi FC


Mário, Brunno, Leo e Leco

6º Colocado – FCA - JF

Kaká, Neto, Lage, Danilo, Bruno e Claudinho 
 
7º Colocado – A Portuguesa/Futrica A

Sidney, Rogério, Rondinely, Leo e Nycolas

 
8º Colocado – A Portuguesa/Futrica B

Kim, Júlio, Alcides, Wander e Gustavo 

9º Colocado – Olympic B

Thiago, Cristiano, Elias, Neide e Donizzeti


10º Colocado – Prainha - Rio Novo

Ivantuir, Guto, Guilherme, Leandro e Jorge
 

Mais fotos:






.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Registro Futebol: Cruzeiro Penta Campeão Copa do Brasil

Registrando aqui o grande título do Cruzeiro EC, Penta Campeão da Copa do Brasil.

1993, 1996, 2000, 2003 e 2017.


 
   

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Dez perguntas sobre Futmesa Dadinho para Kaká



A entrevista agora é com Carlos Júnior nosso grande amigo Kaká, atleta do Futebol e do Futebol de Mesa do FCA clube de Juiz de Fora. Kaká começou a pouco em jogos oficiais da regra dadinho e logo já demonstrou habilidade nos jogos e disposição em ajudar a todos na divulgação e ampliação do esporte em nossa cidade. Com sorriso fácil e grande simpatia sempre independente do momento, grande amigo da Família Pereira Futmesa.


Dez perguntas sobre Futmesa Dadinho para Kaká                      Entrevista Nº: 20
Nome: Carlos Junior                                                                           Idade: 34
Clube: FCA – Juiz de Fora

1 – Como, onde e quando começou a jogar futebol de mesa?
Por volta de 1992 com primos até próximo aos anos 2000, voltei a jogar em 2015 devagar e meio de 2016 com maior frequência.  

2 – Alguém o influenciou a começar a jogar?
Meus Primos e meu pai. 

3 – Joga ou já jogou outras modalidades de futebol de mesa?
Só Dadinho, mas quero aprender a regra 12 toques. 

4 – Porque escolheu jogar na modalidade Dadinho?
É a que mais se aproxima da época de criança. 

5 – Qual ou quais atletas de Dadinho você tem como referência pelo desempenho nas mesas?
Alex Lage e Luiz Colla – Lee. 

6 – E quem você cita como referência no futmesa pelo empenho em divulgar, organizar e desenvolver este esporte?
Luiz Colla – Lee, Sidney e Rondinely. 

7 – Você joga apenas por hobby ou com empenho em vencer? Tem algum sonho de vencer algum campeonato especifico?
Ainda estou iniciando e procurando evoluir, sei que falta muito, mas espero em breve alcançar um nível de boa competitividade para vencer torneios. 

8 – Você tem costume de treinar sempre, apenas perto de torneios ou não treina?
Só em torneios estaduais e nacionais que tenho focado em treinos, mas pretendo tornar frequentes os treinos de fundamentos que criei. 

9 – Cite um grande jogo que já fez.
Kaká 3 x 3 Luiz Colla – Lee, sendo que abri 3 x 0. 

10 – Cite um grande torneio em que se destacou.
4º lugar no Torneio São Carlos 2016;
4º lugar na 1ª Etapa Eldorado 2017;
Campeão Torneio Lage Botões 2017;
10º lugar Campeonato Mineiro 2016.

 

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Dez perguntas sobre Futmesa Dadinho para Fabinho



Entrevista hoje com o craque de Futmesa Dadinho do Olympic de Barbacena. Fabinho tem habilidades incríveis com a palheta, toques refinados e chutes precisos das mais variadas partes da mesa. É um dos mais difíceis de ser batido em um jogo de Dadinho.
Além de tudo isto é um pessoa incrível, amigo de todos e adversário leal e simpático sempre.


Dez perguntas sobre Futmesa Dadinho para Fabinho               Entrevista Nº: 19
Nome: Fábio Discacciati Lima                                                         Idade: 33
Clube: Olympic Club – Barbacena 

1 – Como, onde e quando começou a jogar futebol de mesa?
Jogo desde criança, lembro que tinha times de plástico e acrílico. Jogava com meus irmãos, primos e vizinhos. 

2 – Alguém o influenciou a começar a jogar?
Minha família e amigos sempre me incentivaram desde criança. No caso do Dadinho fui apresentado pelo Cris (Cristiano Gamonal). 

3 – Joga ou já jogou outras modalidades de futebol de mesa?
Não. Sempre jogávamos sem nenhuma regra oficial. Usávamos as peças do jogo da Grow ‘WAR’ como a ‘bolinha’ do jogo. Fui conhecer o Dadinho por volta de 2011/2012. 

4 – Porque escolheu jogar na modalidade Dadinho?
Primeiro porque me agradou muito o fato de poder jogar uma regra oficial. Também gostei da condução do dadinho na mesa, ele é bem estável diferente dos discos que conhecia. 

5 – Qual ou quais atletas de Dadinho você tem como referência pelo desempenho nas mesas?
Conheço vários excelentes botonistas, mas um que me impressionou muito quando o vi jogar pela primeira vez foi o Luiz Henrique Colla. Nunca tinha visto um chute com tamanha precisão. 

6 – E quem você cita como referência no futmesa pelo empenho em divulgar, organizar e desenvolver este esporte?
Cristiano Gamonal, Paulinho e Jair do Olympic. Eles estão sempre organizando os torneios e levando novos atletas ao clube. 

7 – Você joga apenas por hobby ou com empenho em vencer? Tem algum sonho de vencer algum campeonato especifico?
Eu jogo pelo prazer de jogar, mas também sou uma pessoa bastante competitiva, tento sempre dar o meu melhor na mesa. Acredito que títulos vem por merecimento, irei continuar batalhando e ficaria feliz se um dia conquistasse um Mineiro de equipes. 

8 – Você tem costume de treinar sempre, apenas perto de torneios ou não treina?
Faço o possível para jogar todos os domingos pela manha e as vezes as quintas-feiras a noite no Olympic mas não tenho rotina de treino. 

9 – Cite um grande jogo que já fez.
Campeonato Mineiro individual de 2016 contra o Paulinho do Olympic. Nos três primeiros chutes Paulinho abriu 3 a 0. Cheguei a virar o jogo para 5 a 4 mas levei o empate no final da partida.  

10 – Cite um grande torneio em que se destacou.
Me destaquei no Campeonato Mineiro individual de 2016 onde fui vice campeão da série ouro.

sexta-feira, 7 de julho de 2017

A partida de botão mais rápida da história

 

Todos que tem irmãos de idades próximas sabem o que vou narrar.

Posso até estar enganado, mas a chance é grande desta ter sido a partida de Futebol de Mesa iniciada e terminada em tempo recorde como a mais rápida da história.

Espantem-se foram apenas alguns segundos, exatamente duas palhetadas ou dois toques com o botão no Dadinho e pronto já surgiu o estopim de uma discussão que terminou ali mesmo aquela partida.

O jogo foi entre os dois jovens irmãos e já craques do Futmesa, Thiago de 17 anos e Felipe de 14.

Depois de já ter jogado com ambos naquela noite, eu parei, recolhi meu time e fui para o quarto, e aí seria o inicio de apenas um jogo treino entre os dois irmãos, mas o problema que com eles não tem mesmo amistoso, tudo vale.

Logo na saída Thiago ao errar a segunda palhetada quis abrir o jogo e continuar, pois era “apenas um amistoso” e algumas vezes fazemos isto em treinos em casa. Mas Felipe não admitiu e aí o “tempo fechou”.

Sem o pai (eu) que vez o outra tem que ser o juiz deste clássico a discussão acalorou e ficou para a mãe que não tem tanta paciência para este jogo, na realidade para outras coisas também (risos), aí foi o fim do treino que nem chegou a começar.

Cada um para seu lado recolhendo os times e reclamando do outro e fim de papo.

Mas no dia seguinte tivemos outro treino sem problemas, normal na rotina de família competitiva.
Hélio G Pereira 




     
.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Torneio 50 Anos Futrica



Um dos maiores campeonatos de Futebol de Mesa Dadinho já jogado em Juiz de Fora, o Torneio Geraldo Vieira em comemoração ao aniversário de Cinquentenário do Futrica AFM foi jogado neste Domingo 25/06/2017 no belo salão da Casa D'Itália.


52 atletas de Minas Gerais e do Rio de Janeiro participaram jogando a primeira fase divididos em 4 grupos de 13 e logo a seguir classificando de acordo com o desempenho em fases Ouro, Prata, Bronze e Extra.

 Jogos
 
Com desempenho espetacular Hélio EC São Carlos/Futrica fez a melhor campanha no geral de todos participantes vencendo 13 jogos e empatando 2 e perdendo apenas a grande final.

Classificando em primeiro na sua chave, Hélio venceu Wander Colla nas oitavas de finais por 3 x 2 e com este mesmo placar superou Rondinely nas quartas de finais.

Na Semi final Hélio não deu chances ao craque Luiz Colla vencendo por 4 x 1. Porém na final  melhor para Alex Lage - FCA JF que venceu Hélio por 4 x 2.

Time Real Madrid - Hélio com Placa e Medalha - Vice Campeão

A Família Pereira teve outro grande destaque na campanha de Elias que chegou a semi final desta Serie Ouro terminando em 4º Lugar na classificação geral um ótimo resultado.

E os jovens Thiago e Felipe também com boas campanhas jogaram a mesma Serie Ouro Terminando em 11º e 12º respectivamente no geral da classificação.

Semi Final 1:  Hélio/EC São Carlos 4 x 1 Luiz Colla/EC São Carlos

Semi Final 2:  Elias/Olympic 1 x 3 Alex Lage/FCA JF

Final:  Alex Lage/FCA JF 4 X 2 Hélio/EC São Carlos

Jogos dos play off's Série Ouro
 
Alex Lage - FCA JF Campeão e Família Futrica

Hélio - EC São Carlos - Vice Campeão com Sidney e meninos


Luiz Colla - EC São Carlos - 3º Lugar


Olympic:  Cristiano, Elias - 4º Lugar  e Cristiano Araújo 


Os demais vencedores das outras Séries foram:

OURO B: Alex Sindicato - Tupinambás/Futrica JF

PRATA: Renato - Vila Branca/Eldorado JF

PRATA B: Cristiano - Olympic Barbacena

BRONZE: Riquelme - Resende Futmesa RJ

BRONZE B: Bruno Gil - Tupi JF

EXTRA: Cristiano Araújo - Olympic Barbacena


Família Pereira Completa:  Pódio e homenagem do Futrica AFM
 


Classificação Final

 
Premiações

1ª Fase Grupo A

1ª Fase Grupo B

1ª Fase Grupo C

1ª Fase Grupo D

Banner
 
Felipe, Helio e Thiago
 
 
Homenagem a Sidney e Ercília pelos familiares Nycolas, Rondinely e Bernardo
50 Anos Futrica AFM ´meio século de Futmesa e um grande torneio de comemoração
 
 
 
Mais uma reportagem no Site Toque de Bola em: